Arbitragem feminina

Mulheres conquistam seu espaço e são destaque na arbitragem catarinense.

Com presença destacada no cenário nacional, a arbitragem feminina catarinense ocupa cada vez mais espaço, revelando novos talentos com o apoio da Federação Catarinense de Futebol (FCF).


Em abril de 2019, foi realizado o 1º Curso Regional para árbitras e assistentes da Confederação Brasileira de Futebol. A iniciativa inédita acontece com apoio da Federação Catarinense de Futebol (FCF). 21 árbitras e assistentes estiveram no Sesi Blumenau, Santa Catarina, realizando atividades teóricas, físicas e práticas direcionadas, exclusivamente, para a arbitragem feminina dos três estados da região Sul: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.


- A ideia é qualificar, capacitar e aprimorar o conhecimento das árbitras e assistentes. Neste curso, nosso objetivo é fazer com que essas profissionais se sintam mais a vontade em um grupo composto só de mulheres. Vamos prepará-las para quando tiverem oportunidade de estarem em cursos do quadro de elite da arbitragem brasileira, elas estarem prontas e seguras - analisa Ana Paula Oliveira, Coordenador de Arbitragem Feminina da CBF.

Em sala, uma mistura de gerações. Dentre as participantes, oito já marcam presença no quadro nacional de Arbitragem da CBF, e outras treze figuram no cenário estadual. Para estarem aptas a comandarem jogos dos Campeonatos Brasileiros Feminino e Masculino, as árbitras e assistentes precisam cumprir pré-requisitos para atingirem o nível nacional. Como passar nos testes físicos específicos, além disso precisam ou serem indicadas pela federação local, após avaliação do histórico na profissão, ou, no caso de competições masculinas, apitarem cinco jogos dos Campeonatos Estaduais da primeira divisão. Além de seguirem o estudo continuo das regras de jogo, as árbitras e assistentes passarão por testes físicos, treinamento de campo, introdução  ao árbitro de vídeo (VAR), e também terão aulas de psicologia esportiva. 


"A realização do primeiro curso regional de árbitras aqui em Santa Catarina é o reconhecimento do trabalho que já realizamos há algum tempo. Nós temos 19 árbitras e assistentes no quadro estadual e a gente investe na arbitragem feminina, inclusive, com a participação delas na primeira divisão do nosso campeonato. A gente trabalha com a inclusão da mulher nos mesmos moldes do homem" - explica Marco Martins, Diretor do Departamento de Arbitragem da FCF.

24 visualizações0 comentário
  • Ícone branco do Facebook
  • Ícone branco do Instagram

© 2020 por Escola de Arbitragem de SC

Contate-nos

Endereço

Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de Santa Catarina.
Rua Comandante José Ricardo Nunes,  79 - sede das Federações - sala 01 - Capoeiras - Florianópolis - SC - CEP 88070-220